28 de jul de 2010

Assassino de Lennon tenta condicional pela 6ª vez

No próximo dia 9 de agosto, o New York State Division of Parole irá se reunir com Chapman para analisar o pedido de liberdade condicional e tomar uma decisão de aceitar ou não o benefício ao condenado.


Atualmente, Chapman cumpre pena de prisão perpétua em uma penitenciária de segurança máxima e gasta a maior parte do tempo na biblioteca. Há 20 anos, recebe visita conjugal de sua mulher.

O homem que matou John Lennon está em seu sexto pedido de condicional, com todos os anteriores negados: 2000, 2002, 2004 e 2006, sendo a ultima tentaiva em 2008 - na época, o New York State Division of Parole alegou preocupação com a segurança pública e o bem-estar.

No próximo dia 8 de dezembro será o 30º aniversário do assassinato de John Lennon, morto em 1980. Nos ultimos anos, Yoko Ono, viúva de Lennon, tem se manisfestado contra a liberdade condicional à Chapman.

Nenhum comentário:

Postar um comentário