7 de mai de 2010

Let it Be: 40 anos

Por ROGÉRIO PECEGUEIRO.

No horário de Brasília, estamos por volta das 20 horas de sexta-feira, porém já passou de meia noite em Liverpool – Inglaterra – portanto já é sábado, 8 de maio de 2010 por lá, quando completa-se 40 anos do lançamento do ultimo álbum ‘Let it Be’, marcando o encerramento de uma brilhante carreira dos Beatles, a maior banda de todos os tempos. O projeto, originalmente chamado de ‘Get Back’, foi idéia de Paul McCartney, cujo empenho tinha o objetivo de resgatar a originalidade da Banda no inicio dos anos 60.

Mas não foi um trabalho fácil: John estava intransigente e com a cabeça voltada para o seu novo amor, Yoko; George estava mais interessado em se aprofundar nos estudos de filosofia oriental do Maharishi Mahesh Yogi e da cítara; e Ringo Starr, apesar do interesse na Banda, tinha olhos também voltados para Hollywood. Porém, todos toparam o trabalho e iniciaram os ensaios em janeiro de 1969 nos estúdios da Twickenham. A idéia era de gravar ao vivo, sob a direção de Michael Lindsay Hogg – do documentário ‘The Rolling Stones Rock’N’Roll Circus’, com a participação especial de John Lennon -.

Talvez em vista das gravações ao vivo, houve discussões e desentendimentos entre os integrantes da Banda. Em uma dessas, George havia abandonado os trabalhos, mas retornando dias depois sob a condição de pararem com as gravações ao vivo. Os Beatles desistiram de fazer as gravações em Twickenham e decidiram gravar nos estúdios da Apple, em Saville Row. Com equipamentos limitados (emprestados pela EMI), a Banda trabalhou no projeto até 31 de janeiro de 1970, incluindo aí o concerto no terraço do estúdio da Apple. O projeto ‘Get Back’ acabou deixado de lado para a gravação de um novo álbum da banda, que viria a se chamar ‘Abbey Road’. Em março de 1970, o ‘Get Back’ foi retomado, com auxilio do lendário produtor Phil Spector.

Phil havia sido contratado por John para dar fim às divergências com Paul, referente à administração da Apple. Com excelente trabalho do novo produtor, o projeto ‘Get Back’ pode ser completado, e lançado, com o título mudado para ´Let it Be’, em 8 de maio de 1970, portanto, quase um mês após Paul McCartney ter anunciado o fim dos Beatles – 10 de abril de 1970 -, pegando a todos demais integrantes, sem falar da legião mundial de fãs, de surpresa.




As músicas do álbum:


TWO OF US


DIG A PONY


ACROSS THE UNIVERSE


I ME MINE


DIG IT


LET IT BE



MAGGIE MAE


I´VE GOT A FELLING



ONE AFTER 909


THE LONG AND WINDING ROAD


FOUR YOU BLUE


GET BACK

Nenhum comentário:

Postar um comentário